Loading...

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Ata da Assembléia Geral do Centro de Cultura Social Antonio Martinez

Aos quatro dias do mês de outubro de dois mil e nove, tendo primeira chamada às dezessete horas e trinta minutos e início em segunda chamada trinta minutos mais tarde, fora realizada a Assembléia Geral do Centro de Cultura Social Antonio Martinez, em caráter extraordinário, sito a Rua Jaime Barcelos, 570, constituída em atendimento ao requerimento de seus associados recebido e protocolado por Ivan Leandro Ferreira, na qualidade de segundo secretário em quinze de setembro de dois mil e nove na sede social da associação. Estiveram presentes os seguintes associados: Andreia […], Ivan […], Ilson […], Israel […], Simone […], José […] e Valdete […], todos associados fundadores aptos a votar. Fora escolhido Ilson Leandro Ferreira para coordenar a mesa, o qual escolheu a mim, Israel Raimundo dos Santos como seu secretario. A pauta foi a seguinte: 1) Avaliação da atual Comissão Gestora; 2) Destituição da Comissão Gestora; 3) Indicação e posse da Comissão Gestora provisória. Dando inicio a ordem do dia o coordenador expõe que a atual comissão gestora não cumpre com o que estabelece o estatuto da associação, quando não realiza reuniões com periodicidade mensal, o que caracteriza abandono de suas funções. Eduardo não apareceu mais na sede da associação, nem entrou em contato com os associados para tratar sobre assuntos pertinetes a sua função nesta entidade. O associado Israel apresenta a denuncia de que a assembléia que elegeu e empossou a atual gestão é ilegítima, já que não fora presenciada por um terço ou mais de seus associados e ainda, a ata do preito fora assinada sob pressão, continua expondo o problema de insanidade que afeta o associado Eduardo da Motta Preto, o qual foi evidenciado pelos diversos “surtos” que o mesmo veio demonstrando nas ultimas atividades e atualmente em outros meios sociais. Sem menções pormenores, o associado Israel finaliza dizendo que este quadro psíquico de Eduardo está impossibilitando-o de exercer quaisquer das funções sociais desta associação. Os associados Andréia Rosa e Ivan Leandro confirmam terem assinado o documento que legitima atual gestão devido aos meios pelos quais Eduardo fizera uso e afirmam que para se livrarem das azucrinações do mesmo não havia outra saída. A atual gestão não se reuniu uma única vez se quer para tratar de questões pertinentes a suas atribuições estatutárias. Esgotado as queixas, o coordenador prossegue com o próximo tópico a ser tratado na ordem do dia e coloca em discussão a Destituição da Comissão Gestora. Com a palavra o coordenador da assembléia, “Com o que fora exposto até o momento, não resta dúvida que esta gestão não cumpriu, até atual data suas funções e diante deste fato, somado com o agravante do estado insano por que vem passando Eduardo e de acordo reza o estatuto social desta associação pergunto aos presentes, existe alguma duvida ou alguém contrario a destituição da Comissão Gestora?” Não Havendo nenhuma manifestação o coordenador elabora outra pergunta. “Quem é favorável a Destituição da atual Comissão Gestora do Centro de Cultura Social Antonio Martinez?” Todos os presentes levantaram a mão, sendo favoráveis a destituição. O coordenador informa a todos que a partir daquela data a Comissão Gestora não exerce mais suas prerrogativas na associação e que serão todos os ausentes notificados no prazo de dez dias úteis a se contar desta data e a ata registrada, publicada no blog e fixada na sede do Centro de Cultura Social Antonio Martinez para que os demais interessados tenha conhecimento. O terceiro e ultimo item da ordem do dia a ser discutido é sobre a comissão gestora interina. O coordenador fala que o papel desta comissão é muito importante para o futuro da associação e sua função é, dentro do prazo estabelecido representar a associação de acordo com seu estatuto e realizar novo preito para as funções executivas da associação, registrar os documentos pertinentes a sua legitimação junto ao cartório, colocar em dia as pendências, requerer a devolução de todos os documentos que estiverem em mãos de outros associados e zelar pelo bom andamento das atividades relacionadas com os objetivos do Centro de Cultura Social Antonio Martinez. Em seguida passa a palavra a quem quiser usufruí-la. Fazendo uso da palavra o associado Israel Raimundo fala que se prontifica a exercer esta função se assim os presentes concordarem. Retomando o uso da palavra o coordenador, Ilson Leandro consulta a assembléia se há alguém contra Israel Raimundo ser o Secretário interino da associação, não havendo manifestação em contrário o coordenador empossa Israel Raimundo dos Santos na função interina de Secretário da associação Centro de Cultura Social Antonio Martinez pelo prazo de cento e oitenta dias corridos a se contar a partir desta data. Vencido o prazo e não sendo realizado novo pleito se constituirá outra assembléia extraordinária em até dez dias após vencimento. Nada mais havendo a ser discutido o coordenador deu por encerrada a assembléia e eu Israel Raimundo dos Santos lavrei a presente ata e a assinei junto com o coordenador e os demais presentes.


São Paulo, 04 de outubro de 2009.